SEGURANÇA PÚBLICA – 14ª CIPM busca aproximar PM e comunidade através da RAS.

A Rede de Apoio a Segurança – RAS é uma das principais ferramentas que a Polícia Militar do Estado de Goiás tem para antecipar-se ao crime e aproximar o cidadão de bem da instituição.

Roberto Naborfazan**

O RAS é caminho para o estreitamento das relações entre a Polícia Militar e a comunidade local.

O Comandante da 14ª CIPM, Capitão Josué Cardoso da Silva, deu início na terça-feira 03/10, aos Cursos da Rede de Apoio à Segurança – RAS, na cidade de Alto Paraíso de Goiás. O objetivo é ampliar a rede de informações da Polícia Militar na área da 14ª CIPM, possibilitando uma resposta operacional mais rápida, além de estabelecer parceria planejada com diversos segmentos da sociedade goiana, no sentido de que repassem informações aos comandos “setorizados” sobre fatos que possam comprometer a segurança pública em suas regiões e também colher informações de profissionais que convivem em ambientes, horários e situações em que ficam expostos e vulneráveis à prática de delitos.

A 1ª Turma recebeu as instruções no Polo UAB de Alto Paraíso de Goiás, ministrada pelo Capitão Cardoso (Relações Interpessoais), Tenente P. Junior (Polícia Comunitária) e Tenente Gilmar (Dicas de Segurança).

Outra meta importante é proporcionar á Polícia Militar embasamento para planejar e agir diretamente nos locais e horários de maior incidência de ocorrências, a partir de dados sobre criminosos e os tipos de crimes cometidos com maior frequência em determinada região.

A 1ª Turma recebeu as instruções no Polo da Universidade Aberta de Brasília (UAB) de Alto Paraíso de Goiás, ministrada pelo Capitão Cardoso (Relações Interpessoais), Tenente P. Junior (Polícia Comunitária) e Tenente Gilmar (Dicas de Segurança).

O evento contou com a presença de várias autoridades locais e lideranças comunitárias, que se dispuseram a contribuir dentro das experiências das atividades diárias de cada um, somando seus esforços aos trabalhos da Polícia Militar no combate à criminalidade, fornecendo dados sobre pessoas suspeitas, criminosos ou quaisquer anormalidades detectadas.

O RAS é também caminho para o estreitamento das relações entre a Polícia Militar e a comunidade local.

A Rede de Apoio a Segurança – RAS é uma das principais ferramentas que a Polícia Militar do Estado de Goiás tem para antecipar-se ao crime e aproximar o cidadão de bem da instituição. Através deste programa são formados e orientados grupos, dentre os diversos seguimentos profissionais da sociedade, para trabalharem em parceria com a PMGO na melhoria da qualidade de vida da comunidade onde o policial atua.

A partir daí, quando a sociedade entende o seu papel dentro do serviço policial, passa a praticá-lo e se torna um multiplicador de atitudes proativas, como por exemplo: solicitação de patrulhamentos, abordagens, denúncias de locais de crime, podendo fazê-las anonimamente, evitando assim sua vitimização e a prevenção primária de crimes.

A RAS é um policiamento comunitário que aumenta o potencial de preventividade e amplia a capacidade repressiva da Polícia Militar através de parcerias organizadas e devidamente instruídas pela instituição. Quanto mais pessoas participarem da RAS, mais rapidamente se consolidará uma cultura de segurança comunitária na sociedade Alto-Paraisense.

**Com dados da Polícia Militar.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *